É engraçado, não é?
Quando se é novo, só se quer crescer, e depois só se quer voltar a ser criança.
E se nunca mais nos encontrarmos por ai, ou talvez se o amanhã não chegar pra um de nós. Eu quero deixar claro que te amei. Se por acaso essa for à última oportunidade pra dizer, eu vou dizer e se quiser eu grito pro mundo inteiro também. Eu te amei. Te amei desde o primeiro “oi” e ainda te amo, e amarei por toda a eternidade. Pode parecer exagero meu, então que seja assim mesmo. Exagerado. Mas se hoje por acaso for à última oportunidade eu vou relembrar todos os motivos que me fizeram sentir isso. Mas também se não for eu quero que saiba mesmo assim que te amei e te amo. Eu te amei quando cuidou de mim, te amei quando me largou e te amei ainda mais na sua volta. Foram tantas voltas. Aliás, te amei em todas elas e em cada uma com uma intensidade maior. Você sempre sumiu da minha vida quando quis e sempre voltou quando quis também. E eu te amei em todas as idas e em todas as vindas. Agora, eu só te amei na ida. Você não voltou dessa vez, e ainda assim eu te amei. E ainda assim eu te amo. Se não nos encontrarmos mais, eu quero deixar claro. Eu te amei e eu “ainda” te amo.
— E se for a última chance pra falar? - Vestigiar
theme por: romanceais